DATAHOSTING

PARTNER

Mostrando postagens com marcador Facebook. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Facebook. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Movimento Brasil Sem Bandeiras!

Resultado de imagem para brasil sem bandeiras
O grupo no Facebook Brasil Sem Bandeiras tem como objetivo propor ideias, defender o país das mãos de todos os corruptos. A situação política é caótica, o Brasil afunda em desvios e desmandos. Sem reformas políticas não há expectativas de mudanças. É preciso buscar soluções e levar as pessoas mais humildes informação de qualidade. Clique aqui e junte-se a nós no Facebook. 

segunda-feira, 17 de abril de 2017

ALERTA TOTAL: Baleia Azul: jogo ligado às mortes de dois jovens requer atenção dos pais

Helena Bertho
do UOL, em São Paulo

Getty Images
Um jogo virtual de desafios, via Facebook ou Whatsapp, que vão de automutilação ao suicídio, pode estar ligado às mortes de dois adolescentes no Brasil nessa semana. Chamado de Baleia Azul, a interação pode ter induzido a morte de uma mato-grossense de 16 anos, que foi encontrada em uma represa no dia 11, e um mineiro, de 19, que teve uma overdose de remédios, no dia 12.
Apesar de não ter confirmação de que os suicídios dos jovens foram induzidos pelo jogo, as polícias civis dos dois estados tiveram indicações em ambos os casos de que as vítimas estariam participando dos desafios. No caso do Mato Grosso, a mãe da menina disse que a filha já havia feito cortes nos próprios braços e que deixou duas cartas em que conta dos desafios. Já em Pará de Minas foi encontrado no celular do rapaz um grupo de whatsapp chamado "Blue Whale" (Baleia Azul, em inglês) com pessoas de diversas regiões do país e onde ele enviou uma mensagem de despedida pouco antes de se matar.
No entanto, independentes da confirmação da indução do suicídio e da relação com a Baleia Azul, esses casos acedem o alerta para o fato de que os adolescentes brasileiros estão em contato com a "brincadeira" e de que é preciso atenção. "Esse jogo pode atrair os jovens pela curiosidade do desafio, só para ver o que é, mas também jovens mais vulneráveis. E pode ser a gota d'água para quem já está no limite do sofrimento", explica a psicóloga especialista em prevenção ao suicídio, Karen Scavacini.
Jogo é um risco para jovens depressivos e até para curiosos
Em uma busca rápida no Facebook é possível encontrar mais de dez grupos com o nome Baleia Azul. Vários deles estão focados em combater o jogo, mas outros apresentam uma mistura de publicações "zoando" os desafios e outras de adolescentes perguntando como fazem para participar. Uma lista com os 50 desafios propostos pode ser encontrada facilmente na internet, mas teoricamente o Baleia Azul funcionaria com base na atuação de "curadores" que garantiriam o cumprimento dos desafios – desde fazer cortes na pele formando palavras ou desenhos, até passar 24 horas vendo filmes de terror. O desafio final seria o suicídio.
Os adolescentes e pré-adolescentes estão em uma fase em que ainda não percebem as consequências de seus atos. E esse jogo pode atrair não só aqueles em situação vulnerável, mas também outros, pela sedução da emoção que os desafios propõem.
Para Karen, a febre da Baleia Azul traz algo que se assemelha a outros movimentos virtuais que aconteceram em anos anteriores, como em 2012, quando jovens com anorexia criavam blogs para postar e cultuar as fotos de seus corpos abaixo do peso. "Na vida em sociedade, todos precisamos de pertencimento. Jovens que têm uma sensação de não pertencer, podem encontrar nesses movimentos a sensação de ser parte de um grupo, de ter alguém que entenda o que está passando. O jogo ainda traz uma questão também de poder falar que está jogando, de ser bacana".
No entanto, mesmo aqueles que não tenham ideações suicidas ou um quadro depressivo, que tenham entrado no jogo só pela curiosidade, podem ter problemas. "O adolescente imaturo pode se sentir acuado. Depois de cumprir alguns desafios, ele pode ter medo de ser descoberto, de ter feito algo errado e isso levar ao suicídio", diz a psicóloga. Por isso, ela considera que é essencial que os pais não só fiquem atentos, mas conversem com os filhos sobre o assunto.
Os pais precisam ficar de olho
A moda do jogo virtual surgiu na esteira da estreia do lançamento da polêmica série do Netflix "13 Reasons Why", que também aborda a temática do suicídio. "A gente tem visto um aumento no número de suicídios e depressão entre jovens no Brasil, por isso esse assunto está tão latente. É essencial que se fale disso. O diálogo é o principal caminho para a prevenção", reforça Karen.
Ela recomenda que os pais conversem com seus filhos sobre o jogo, digam que estão preocupados, abertos a conversar e que ofereçam ajuda. Proibir e controlar o acesso a internet não são recomendados, pois podem gerar mais interesse, mas ter regras para o uso da tecnologia é importante. "Além disso, no caso de adolescentes que ainda não têm maturidade para entender os riscos e consequências do que fazem, olhar histórico de navegação e trocas de mensagens não é invasão de privacidade, é cuidado, proteção".
E se os pais perceberem que o filho está participado mesmo da brincadeira e chegando a se colocar em risco ou se machucar, é importante levar a um profissional para que seja feita uma avaliação mais profunda de como o adolescente está.
Escola cria um jogo resposta à Baleia Azul
Como dentro de casa nem sempre o diálogo é aberto, a equipe do colégio FECAP, em São Paulo decidiu trazer para dentro da escola a questão do jogo. Ao saber da Baleia Azul, os funcionários realizaram uma reunião e bolaram um plano para lidar com o assunto. Como a escola conta com um curso técnico de jogos digitais, a primeira proposta foi criar um jogo de resposta à Baleia Azul.
"Nós lançamos o desafio aos alunos: criarem um jogo com 50 tarefas opostas à Baleia Azul. Com atitudes éticas, coletivas, que pensem no respeito e na solidariedade", explica a coordenadora do colégio, Nilda Di Giacomo. A ideia surgiu também para dinamizar a conversa e incluir os jovens de maneira ativa no debate sobre suicídio.
A turma ficou animada e na hora topou o desafio. Além disso, a escola selecionou três professores para levarem debates sobre o assunto para as salas de aula e enviou um informe aos pais, explicando a nova moda digital e recomendando que conversem com seus filhos.

Par a coordenadora, o assunto, apesar de não ter nada a ver com a grande curricular, é pertinente à escola. "A gente ouve falar muito em jovens em depressão. Na medida em que eles estão doentes emocionalmente, que chegam laudos médicos falando sobre necessidade de acolhimento, de inclusão social, esse assunto vem para dentro do muro da escola, não tem como deixa-lo para fora".

segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Facebook é obrigado a se desculpar por censurar foto de vítima de queimadura



O Facebook teve que pedir desculpas por remover uma fotografia de um ex-bombeiro com cicatrizes graves de queimadura. O site excluiu duas vezes a publicação de uma foto de Lasse Gustavson postada por seu amigo Bjorn Lindeblad para comemorar seu aniversário de 60 anos.
A empresa só decidiu repostar a imagem após 10 mil pessoas compartilharem a publicação de Lindeblad e criticando a “repugnante política” de censura da companhia.  “É um sistema ofensivo que pode ser chamado de racismo”, afirmou Gustavson em entrevista ao jornal sueco Aftonbladet.  O homem foi ferido em uma explosão de um depósito de petróleo em Gotemburgo em 1981 e por isso não possui ouvidos, sombrancelhas e nem cabelo.
Gustavson afirmou que a remoção de sua fotografia não afetou negativamente as comemorações do seu aniversário, mas que isso poderia ter sido diferente se acontecesse com outra pessoa. “Quando tinha 24 anos, eu provavelmente ficaria ofendido e chateado se minhas imagens fossem consideradas desagradáveis ou erradas”, disse.  
Já Lindeblad declarou que só percebeu a “censura” após ouvir outras pessoas reclamando que haviam passado pela mesma situação. Em um novo post na rede social ele acrescentou: “"No começo fiquei pasmado e várias vítimas de queimadas me contataram e explicaram que fotos de vítimas de queimadas são frequentemente classificadas na mesma categoria de fotos sexistas e racistas no Facebook”. Por isso, ele incentivou que as pessoas compartilhassem a terceira tentativa de publicação.  “Você quer me ajudar a falar contra uma política repugnante do Facebook? Compartilhe esta foto de uma das almas mais bonitas que eu conheço", escreveu ele.
A partir daí, o post viralizou e teve mais de 30 mil compartilhamentos. E só então a empresa decidiu permitir a veiculação da imagem e enviou um pedido de desculpas para Lindelblad. Apesar de toda a polêmica, engana-se quem pensa que Gustavson ficou ressentido, ele usará o fato como um exemplo nas suas palestras motivacionais que fazem um grande sucesso na Suécia. 
Com informações do The Independent. 
Foto: Foto: Reprodução/Facebook/Bjorn Lindeblad/VIA YAHOO NOTÍCIAS

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Jovem é encontrada morta após denunciar assédio no trabalho

O corpo da advogada Ariadne Wojcik, de 25 anos, recém-formada em direito pela Universidade de Brasília (UnB), foi encontrado na tarde desta quarta-feira, 9, na Chapada dos Guimarães, a 65 km de Cuiabá, no Mato Grosso, após ela postar uma mensagem no Facebook denunciando um assédio sofrido no trabalho. As informações são do Correio Braziliense.
Na publicação, a jovem relata o assédio de um professor durante um estágio em Brasília. Depois desse estágio, ela voltou para Cuiabá, onde iria trabalhar no Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT). O acusado, o professor Rafael Santos, nega a denúncia.
No Facebook, ela deu a entender que cometeria suicídio
Créditos: Reprodução / Facebook
No Facebook, a jovem deu a entender que cometeria suicídio
Na rede social, Ariadne conta que tudo começou quando procurou um de seus professores para concorrer a uma vaga de estágio. "Eu achava aquele professor o máximo, extremamente inteligente, detalhista, perspicaz, minucioso, brilhante. Como poderia ser ruim? Até que as coisas começaram a ficar esquisitas", diz trecho da mensagem.
Depois de um tempo no emprego, a jovem diz que passou a receber presentes e mensagens muito pessoais do professor. À época, ela conta que não desconfiou das segundas intenções e que continuou no estágio porque precisava do salário. "As coisas ficaram muito estranhas quando ele demonstrava que sabia todos os lugares onde eu ia, sabia o teor das minhas conversas, com quem eu falava, sabia as páginas que eu acessava no meu computador pessoal", contou.
Ela então decidiu sair do emprego e se mudou para Cuiabá, onde iria começar a trabalhar no Tribunal de Justiça. Só que, mesmo assim, segundo ela, a perseguição continuou. "Eu achava que aqui, em Cuiabá, no emprego novo, na vida nova, eu estaria a salvo da perseguição dele, mas ele nunca desiste, nunca", escreveu.
Ariadne acaba sua publicação com um pedido de socorro: "Peço, por favor, façam alguma coisa, ele não vai se arrepender, ele não vai parar. Alguém faça alguma coisa". E finaliza: "Pra mim é tarde... Que na próxima reencarnação eu possa fazer uso de todo aprendizado que tudo isso me trouxe, mesmo com tanta dor e sofrimento. Essa vida eu já não posso mais suportar, que Deus me perdoe e me entenda, mas ele já sabia, ele sempre sabe".
O Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar do Mato Grosso encontraram a bolsa e sapatos da garota na Chapada dos Guimarães, logo no início das buscas. O corpo de Ariadne está no Instituto de Medicina Legal (IML) para a perícia e deve ser liberado até hoje, quinta-feira, dia 10.
Nas redes sociais, usuários e amigos da jovem lamentam sua morte e pedem punição do acusado. Confira:

terça-feira, 20 de setembro de 2016

Novo golpe usa notificação falsa no Facebook para roubar sua conta


FacebookO Facebook está na mira dos hackers. Em mais uma tentativa de atacar os milhões de usuários da rede social mais famosa do planeta, os cibercriminosos agora estão usando um novo artifício: um plugin malicioso disseminado na plataforma. O ataque começa quando o usuário recebe uma notificação de algum amigo no Facebook, no entanto, ao clicar no aviso ele é redirecionado para o download de um suposto plugin do Google Chrome, intitulado "The Player". Ao realizar o download, o usuário é infectado e seus dados ficam vulneráveis. A partir daí, ele também se torna uma fonte de contaminação. De acordo com a PSafe, ao acessar o Facebook com o navegador comprometido, o controle da conta da rede social vai para as mãos dos hackers, que passam a enviar o link malicioso para os amigos do usuário infectado, também por meio de notificações.  Já na versão mobile do vírus, o usuário é direcionado a páginas que solicitam a instalação de aplicativos fora da Google Play ou preenchimento de cadastros que, futuramente, vão trazer prejuízo financeiro às vítimas. As principais dicas para evitar problemas deste tipo são as velhas conhecidas: manter seu antivírus atualizado e sempre desconfiar dos links suspeitos que receber, mesmo que ele seja enviado por um amigo. Antigamente, a grande preocupação era com os e-mails, mas agora serviços como WhatsApp, Messenger, SMS, entre outros, também estão sujeitos à ataques. Caso seja tarde demais e você já tenha se tornado uma vítima do malware, corra para desinstalar o aplicativo malicioso do seu smartphone e/ou a extensão The Player do Chrome em seu computador.  Via PSafe


Matéria completa:

FONTE: CANAL TECH (link)

domingo, 14 de agosto de 2016

Alunos do Curso de Guias de Turismo do IF-Cidade Alta, Natal visitaram atrativos do Projeto Geoparque Seridó!


As políticas públicas para o turismo vem sendo levada à sério, tanto pelo governo do Rio Grande do Norte, quanto pela prefeitura municipal de Carnaúba dos Dantas. Dentre os principais atrativos do município, destacam-se a Serra da Rajada, o monte do Galo, o Castelo de Bivá (fechado para visitação) e os sítios arqueológicos.

Este final de semana, alunos do curso de guias de turismo do IF, Cidade Alta, Natal, acompanhado dos professores Erivaldo, Maycon e do diretor Carlos Eduardo visitaram o Complexo arqueológico Xique-Xique. Acompanhados do guia regional e bilíngue Damião Carlos, visitaram os geossítios Xique-Xique I e II, finalizando no Monte do Galo, um dos atrativos religiosos mais visitados do Nordeste.


Do blog: agradecemos a todos que fazem a renomada Instituição do IFRN, Campus Cidade Alta pela visita. Para maiores informações contato@maresertao.com.br (03184) 9 8844-3297/98882-0302. Curta nossa Página no Facebook: MAR E SERTÃO





Fotos: Créditos, Adriano Santori





Fotos, geossítios, Xique-Xique I e II




Imagens fantásticas do Talhado do Gavião: Eugênio Oliveira





sábado, 2 de julho de 2016

COMPARTILHE: Veja por que você não deve copiar e colar o aviso do “Canal 13” sobre a privacidade do Facebook

Um dos mais longos boatos da internet está novamente rondando -  um relatório que afirma que o Facebook está prestes a se tornar um serviço pago.
Ver as imagens
Desta vez, o relatório vem de um misterioso “Canal 13” de notícias. Os usuários estão sendo orientados a copiar e compartilhar um aviso legal de que o Facebook não tem direitos sobre suas postagens.
Mas, para variar, esta foi apenas mais uma peça pregada na internet. O Facebook não tem quaisquer planos de começar a cobrar pelo seu serviço, nem hoje, nem nunca.
A mensagem diz: “devido ao fato de que o Facebook resolveu empregar um software que permitirá o roubo das minhas informações pessoais, afirmo que nesta data, 4 de janeiro de 2015, em resposta às novas diretrizes do Facebook, nos termos dos artigos L.111, 112 e 113 do código de propriedade intelectual, meus direitos estão ligados a todos os meus dados pessoais, imagens, fotos, vídeos, textos, etc, em suma, a todo o conteúdo publicado na minha página e perfil. Para uso comercial destes, é necessário meu consentimento por escrito”.
site que desmascara fraudes, Snopes, diz que essa fraude é muito mais velha do que parece. Trata-se de uma variação de um documento que começou a circular no início de 2000. Acredita-se que os usuários o usavam para tentar evitar que sites de pirataria sofressem ações legais.

domingo, 19 de junho de 2016

Utilidade pública: estão publicando pornografia em meu perfil no Facebook, o que fazer?

Estão publicando pornografia em meu perfil no Facebook o que fazer?
Desde 2008 que um hoax (boato, viral) está se propagando no Facebook, graças aos internautas desavisados que copiam e colam estas notícias. Você não precisa fazer nada, simplesmente ignore a única coisa “verdadeira” e responsável pelo hoax é essa mensagem: LAMENTÁVEL MAS PARECE QUE É VERDADE: ESTÃO PUBLICANDO VIDEOS PORNOGRÁFICOS INVISIVEIS NOS PERFIS, SEM QUE VC SAIBA… O DONO DO MURAL NÃO OS VÊ, MAS OS OUTROS SIM… COMO SE FOSSE UMA PUBLICAÇÃO GENUINA QUE VC FEZ!!! ATÉ POSTAM UM COMENTÁRIO COMO SE FOSSE VOCÊ… POR FAVOR, SE POR ACASO APARECER ALGO ASSIM NO MEU MURAL OU TE CHEGAR COMO MENSAGEM ALGO PORNOGRÁFICO NO MEU NOME, APAGUE E ME AVISE… TENHO RESPEITO POR TODOS VCS!!! CURTA E COPIA NO TEU MURAL Em inglês, confira: Facebook estaria sendo invadido por videos pornôs!

O site e-farsas já tinha desmentido e as pessoas continuam alarmando e espalhando nas redes sociais. Fiquem tranquilos, a notícia nem influi, nem contribui, apenas perda de tempo. 

Conclusão

O texto era falso, acabou virando verdade por um ou dois dias e agora voltou a ser falso novamente! Não repasse esse tipo de corrente. Esse ato acaba gerando pânico e trânsito desnecessários na rede!
Texto, A VOZ DO POVO, acesse também E-FARSAS, matéria na íntegra. Não acredite em tudo que é postado na internet. 

terça-feira, 24 de maio de 2016

Cantora gospel Ana Paula Valadão é alvo de ‘vomitaço’ no Facebook após post homofóbico

Ana Paula Valadão mostra sua #SantaIndignação e recebe um ‘vomitaço’ no Facebook. Foto: Reprodução/Facebook
Extra
Tamanho do texto A A A
Parece que a tática virtual do “vomitaço” está, definitivamente, incorporada pelos usuários do Facebook como forma de demonstrar o descontentamento diante de determinado conteúdo. Após Michel Temer e seu partido, o PMDB, serem alvos de “vomitaços” na semana de afastamento da presidente Dilma Roussef, foi a vez da cantora gospel Ana Paula Valadão ser atingida pelo protesto simbólico, nesta sexta-feira.
Em sua página oficial, Ana Paula decidiu se manifestar contra o que chama de “ideologia de gênero”, ao criticar a campanha de uma loja de departamentos que aborda a diversidade sexual em sua mais recente coleção.
“Hoje decidi manifestar minha ‪#‎SantaIndignação‬ porque acredito que estão provocando para ver até onde a sociedade aceita passivamente a imposição da ideologia de gênero. Fiquei chocada com a ousadia da nova propaganda da loja C&A. Chama-se misture, ouse e divirta-se. São casais de namorados saindo e quando eles se beijam a roupa do homem passa pra mulher e a da mulher pro homem. Os homens saem de salto e tudo. E aí fala. Ouse, misture. Em outra propaganda da mesma campanha eles fizeram todos nus como se fossemos criados iguais e temos o poder de escolha. Então chegam em um campo cheio de roupas e as mulheres começam a vestir as roupas dos homens e os homens as das mulheres. Que absurdo! Nós que conhecemos a Verdade imutável da Palavra de Deus não podemos ficar calados. Temos que ‪#‎boicotar‬ essa loja e mostrar nosso repúdio. Nos EUA a loja Target já teve prejuízo porque mais de 1 milhão de pessoas pararam de comprar (inclusive eu) desde que determinou que os banheiros feminino e masculino podem ser usados por quaisquer pessoas que se sintam homem ou mulher naquele dia, aumentando os riscos de abusos (que já aconteceram em outros lugares que apoiam a ideologia de gênero)”, escreveu Ana Paula em sua publicação.
Não demorou muito para que internautas exibissem sua indignação. “Aí esse amor cristão que vive de cuidar da vida dos outros, julgar e segmentar ao invés de unir e amar, né non crentelha? Pregadora de ódio e intolerância ridícula!”, disparou um internauta; “Que história é essa que a palavra de Deus é imutável? Só quando é conveniente, né?”, alfinetou outro.
O post de Ana Paula também foi devidamente comentado com uma série de emojis simbolizando vômito, em mais um novo “vomitaço” na rede.
Após os comentários de Ana Paula, a C&A disparou um comunicado em resposta às críticas da cantora: "A nova campanha da C&A ‘Dia dos Misturados’ tem como tema principal a celebração do amor e dá continuidade à nova visão da C&A sobre a Moda, lançada em março com a campanha ‘Misture, ouse e divirta-se’. Livre de todo e qualquer tipo de preconceito e estereótipo, o novo filme, que celebra o Dia dos Namorados, faz um novo convite à mistura de atitudes, cores e estampas como forma de expressão. A C&A reforça que o respeito à diversidade, inclusive de opiniões, sempre foi um dos princípios da marca".
Imagem da nova campanha da C&A: fortalecimento da diversidade.
Imagem da nova campanha da C&A: fortalecimento da diversidade. Foto: Reprodução


Leia mais: EXTRA GLOBO

sexta-feira, 13 de maio de 2016

Mulher coloca filho de 5 anos à venda no Facebook

Nem sempre ter um filho significa ser uma boa pessoa, e tão pouco, uma boa mãe. É o que uma mulher que se declara mexicana provou ao oferecer o próprio filho no Facebook pelo valor de £ 5.800 (R$ 30 mil), alegando que ele é um incômodo e ela já não pode pagar pelas despesas da criança.
Brenda Raymundo, que se apresenta como a mãe da criança, postou uma série de fotos do menino, que supostamente tem cinco anos de idade.A mulher deixou um número de contato, que foi atribuído a Nanacamilpa, no México.
Um repórter local afirma ter ligado para o número para verificar se as mensagens eram reais e relatou que uma mulher atendeu o telefone e confirmou os detalhes da venda.O jornalista alegou que a mulher disse: “Eu não quero fazer nenhum truque, esta é uma venda séria.”
Fonte: Yahoo Notícias
Foto: Reprodução Facebook

quinta-feira, 12 de maio de 2016

Dilma regula Marco Civil e acaba com WhatsApp e Facebook grátis no celular

A presidente Dilma Rousseff aproveitou o seu último dia de governo antes do afastamento pelo processo de impeachment, aprovado pelo Senado nesta quarta-feira (11), para liberar uma série de decretos que podem ser seus últimos atos de governo. Entre várias ações, Dilma regulamentou e fez novas aplicações ao Marco Civil da Internet.
O principal ponto do decreto é o que fala sobre a neutralidade da rede, garantindo "a preservação do
caráter público e irrestrito do acesso à internet e os fundamentos, princípios e objetivos do uso da internet no País" e impedindo a priorização de "pacotes de dados em razão de arranjos comerciais". Em outras palavras, acordos entre operadoras e serviços estão proibidos, já que o acesso a tipos de conteúdo deve ser igual a todos os usuários, independente da velocidade da conexão ou da região.

Publicidade
Isso deve acabar com o "zero rating", os pacotes gratuitos de operadoras de telefonia móvel, como os que oferecem acesso a redes sociais (Facebook e Twitter) ou serviços como o WhatsApp sem descontar da franquia mensal contratada. Afinal, tal benefício é visto como um privilégio que, apesar de ser bom para os assinantes de um plano, deixa de lado uma grande parcela de usuários. As exceções da neutralidade incluem questões de segurança, como o envio de spam e ataques de negação de serviço (DDoS), além da busca de rotas alternativas de tráfego no caso de congestionamentos.

E a internet fixa?

Esperava-se que Dilma acabasse com a polêmica das franquias na internet fixa com um decreto que impossibilitaria a limitação da conexão, mas não foi bem isso o que aconteceu. "A discriminação ou a degradação de tráfego" só podem ocorrer se isso for extremamente necessário para que o serviço continue funcionando ou em caso de priorização de serviços de emergência (prestadores ou vítimas, no caso de risco de desastre ou estado de calamidade pública).

Privacidade e armazenamento

Além disso, o decreto indica quais devem ser os procedimentos para guarda e proteção de dados por provedores de conexão e de aplicações que atuam no Brasil. Os serviços devem possuir "transparência na requisição de dados cadastrais" e guardar essas informações até a expiração de prazos, enviando somente o que for solicitado pela Justiça em casos excepcionais.
Essas solicitações, aliás, só podem ser feitas em caráter individual, impedindo que companhias entreguem dados em massa de seus usuários. A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) será a responsável pela fiscalização e eventual apuração de infrações.
Fonte: TECMUNDO

terça-feira, 26 de abril de 2016

Depois das cusparadas, Facebook lança novo botão, cuspir

image

Depois de tanta cusparadas, a rede social Facebook deveria lançar a nova opção “cuspir” para homenagear os cuspidores. Resenhas à parte, não custa nada aproveitar a ocasião e lançar a nova proposta. Vai que pega?

sábado, 5 de março de 2016

O maior adversário do ex-presidente Lula é à mídia, ou aliada? Entenda!

Fazendo uma análise friamente, desde os governos de FHC até chegar em Dilma houveram avanços na economia, saúde, educação e melhoria na vida do povo brasileiro. Os escândalos também fazem parte, ora, o modus operandi é o mesmo. A privatização trouxeram benefícios, até 1994 uma linha telefônica custava em torno de 1.200,00 reais, hoje é de graça. O plano real implantado no governo de Itamar Franco (PMDB) deu ao país estabilidade econômica. A educação, durante o governo Lula teve a expansão dos IFs (Institutos Federais), o ENEM, PROUNI, ciências sem fronteiras, programas de transferência de renda, acesso facilitado às universidades fizeram com que a educação avançasse.

Lógico que à mídia tem o dever de num mundo digitalizado e das redes sociais para trazer essa informação em tempo real e sem maquiagem. Falácia, criar fatos, mas também criar factoides espalhando boatos é uma constante. O poder da mídia é algo assustador e o feitiço vira contra o feiticeiro, ou seja, colocaram o ex-presidente Lula como pré-candidato absoluto para 2018. A mídia é adversária ou aliada de Lula? Em resumo, antes o mensalão era o maior escândalo do PT, depois veio o Petrolão com envolvimento de vários partidos, ou seja, à corrupção é suprapartidária, sem uma reforma política decente mudarão os atores, mas o cenário será o mesmo. 

domingo, 28 de fevereiro de 2016

Internautas enchem de comentários na página do Presidente da ALERN Ezequiel cobrando explicações sobre o escândalo dos funcionários fantasmas!

Internautas encheram de comentários cobrando seriedade do presidente da Assembleia Legislativa do RN, Deputado Estadual Ezequiel Ferreira de Souza. Alguns respeitosos, outros nem tanto. O que os internautas estão cobrando é que, segundo rumores serão cortados apenas 20 por cento, baseado na LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal), entretanto, dos mais de 3 mil funcionários seriam cortados em torno de 700 o que é um absurdo.

O pior de tudo é o silêncio da mídia, parte dos blogueiros descompromissados com à democracia, alguns dos jornalistas forma inteligentemente cooptados e recebem valores que justificam o fato. Dessa forma, cabe à sociedade indignar-se contra os desvios e desmandos naquela casa. O silêncio dos deputados e da mídia é conivência com o estado de cleptocracia que envolve à corrupção suprapartidária em todo país. Lembrando que o respeito se faz necessário, à liberdade de expressão é um direito que cabe a imprensa para fazer o seu trabalho!  Veja os comentários! DEP.EZEQUIEL



Na Governadoria, durante audiência com o governador em exercício, Fábio Dantas, satisfação em encontrar Arlindo Dantas, prefeito da querida São José de Mipibu.

55 comentários
Comentários
Damião Carlos

Escreva um comentário...
Damião Carlos Nobre deputado, escute o clamor da sociedade! Demitir apenas 20 por cento dos comissionados não resolve a situação constrangedora pela qual passa a ALERN. Indubitavelmente leva a crer que os indícios fortíssimos de corrupção envolvendo desembargadores, jornalistas e pessoas dos mais diferentes segmentos da sociedade. Esse tipo de crime é legitimado pelas práticas fisiologistas. O silêncio dos senhores e da mídia coincide com o descompromisso da real democracia. É vergonhoso e lastimável, precisa-se urgentemente de uma resposta. É um estado de cleptocracia generalizado e demonstra que a crise que vivemos é, antes de tudo de gestão, política! Imagine um corte de mais de 70 porcento deixando de fora à ineptocracia, quem nunca se esforçou, suou para ganhar o seu salário. Em detrimento a tudo isso não podemos silenciar, respeitando, é claro o direito de resposta! Esperamos que os órgãos responsáveis possam trabalhar com lisura e honestidade! Sem dúvida, trata-se de uma imoralidade, um caos administrativo que pode devolver ao estado aquilo que lhes pertence, o erário público usado indevidamente. Atenciosamente, Carlos do blog A Voz do Povo.
CurtirResponder9Há 19 horas
Damião Carlos

Escreva uma resposta...
Souza Simon Tomem vergonha, um Estado com poucos recursos, recursos que ainda estão sendo diminuidos em decorrencia de frustração de repasse, uma unidade da federação onde a maior parte da população ganha salário mínimo e tem que pagar ICMS em quase tudo e vocês a...Ver mais
CurtirResponder8Há 11 horas
Fabiano Silva Sr Presidente Ezequiel, eu como cidadão Potiguar, exijo que a AL RN seja moralizada e que o senhor corte não só 20% dessa folha, aliás, deixe só 20% e.corte 80% dessa folha, os recursos dessa economia inclua no parlamento no orçamento da segurança publica e saude do proximo ano, dando assim um otimo exemplo e escrevendp seu nome na . história do RN.
Assino embaixo, em cim e de lado da reclamação dos demais aqui exposto em principal em ação do Senhor nesse sentido.
Fabiano Silva.

CurtirResponder7Há 13 horas
Rodolfo Ribeiro Estamos de olho na farra que está acontecendo e já acontece a muito tempo na ALRN. Ta na hora disso acabar, né? Queremos posicionamento sério em relação a isso, caso contrário a pressão popular será grande.
CurtirResponder5Há 11 horas
Priscila Holanda "Prezado Presidente, estamos aqui pra dizer que a população do RN está unida e informada! O corte de 20% é irrisório e não nos contentaremos com ele. Estamos acompanhando as nomeaçoes seguidas das exonerações prometidas! Estamos acompanhando motoristas serem renomeados assessores de gabinete! ASSIM A CONTA NÃO VAI FECHAR! Esperamos uma posição daquele que elegemos para representar o povo do Rio Grande do Norte! #escandalodaalrn#alrnassombrada #explicapresidente"